top

Mobile Marketing Blog

Enriqueça o seu conhecimento sobre mobile marketing com os nossos artigos, dicas e tendências.


A portabilidade numérica no Brasil

Friday, July 03, 2015

a portabilidade numérica no BrasilO que é e quais são os tipos de portabilidade numérica? Como ela afeta suas campanhas de SMS Marketing?

Poucos países no mundo podem dizer que seus moradores trocam de operadora tanto quanto os brasileiros. Você mesmo já deve ter trocado – e sabe muito bem que os motivos para tal são dos mais variados.

Talvez surgiu uma promoção no concorrente que lhe serviria melhor do que a atual. Talvez você está tão insatisfeito com o sua operadora que simplesmente decidiu partir para outra. Talvez mudou de região e descobriu que sua operadora não tem cobertura na nova cidade... e assim por diante.

A solução? Trocar de operadora.

A flexibilidade do consumidor brasileiro quanto ao seu provedor de telefonia (móvel e fixa) gera uma boa concorrência entre as operadoras. E o consumidor, logicamente, sai sempre à procura de melhoria de serviço, atendimento, preço e ainda incentivos de novos aparelhos.

Antigamente, quando você mudava de plano telefônico ou de endereço dentro do seu próprio município, necessitava também trocar de número. Imagine só o incômodo de ter que informar todos os seus contatos sobre sua mudança de número cada vez que você se deparar com uma dessas situações?

Bem, para isso existe a portabilidade numérica.

O que é a portabilidade numérica?

A portabilidade numérica nada mais é do que o meio pelo qual você consegue trocar de operadora sem trocar de numero.

Na verdade, esse tipo de portabilidade – o que lhe permite preservar seu número ao trocar de operadora – é somente um de três tipos possíveis. Também é o único tipo obrigatório no Brasil. Isso significa que é direito seu optar por manter seu número antigo e obrigação das operadoras lhe oferecer esse serviço.

Os dois outros tipos se encontram na lista:

Tipo 1 – de Operadora

Lhe permite mudar de operadora e manter seu número.

Tipo 2 – de Endereço

Lhe permite mudar de endereço (dentro do mesmo DDD) e manter seu número de telefone fixo.

Tipo 3 – de Plano

Lhe permite mudar de plano – por exemplo, de um plano pré-pago para um pós-pago ou vice-versa – e manter seu número.

Os tipos 2 e 3 não são obrigatórios pela ANATEL, mas podem ser negociadas diretamente com a operadora.

Portabilidade Numérica + SMS Marketing

A potabilidade numérica também traz seus desafios.

Lembra da época em que conseguíamos determinar a qual operadora pertencia um número só pelos seus primeiros dígitos? Não se pode mais depender disso. Essa informação é, na verdade, tão relevante para o Mobi Pronto quanto para você.

A portabilidade funciona da seguinte maneira: quando um número é portado de uma operadora para outra, ele é atualizado na base de portabilidade nacional. Caso o seu integrador não tenha acesso a essa base de portabilidade, um SMS enviado a um número portado acaba nunca chegando ao seu destino.

Segundo a Teleco, de Janeiro a Maio de 2015, foram portados quase um milhão de números moveis no Brasil!1 É importante notar que isso é um aumento de 3,6% em relação ao mesmo período do ano passado – a tendência é que a portabilidade se torne cada vez mais comum... e a atualização constante da base de portabilidade nacional, cada vez mais necessária.

No Mobi Pronto, fazemos o update de nossa base de dados várias vezes ao dia. Então fique tranquilo. Com o Mobi Pronto, suas mensagens SMS sempre chegam à operadora correta e por consequência, na palma da mão dos seus destinatários.

Perguntas Frequentes sobre a Portabilidade Numérica no Brasil


O que é a portabilidade numérica?

A portabilidade é o que lhe permite manter seu número de telefone fixo ou móvel, mesmo ao mudar de operadora.

Vou mudar de estado. Tenho direito à portabilidade?

Não. Para os celulares, a portabilidade somente é possível dentro do mesmo DDD. Para os telefones fixos, dentro da mesma área local (ou seja, do mesmo município).

Posso transferir o número do telefone fixo para o móvel e vice-versa?

Não. A portabilidade somente é possível dentro do mesmo tipo de serviço.

Como pedir a portabilidade?

Você deve procurar sua operadora nova, após o qual informará seus dados pessoais, telefone, e sua prestadora atual. Verifique todos os seus dados! Quando esses forem confirmados, a nova operadora fará o restante - você só receberá um número de protocolo do pedido.

Se por algum motivo houver divergência nos dados de cadastro (e não houver registro de bloqueio por roubo, perda, ou extravio), o pedido de portabilidade deverá ser feito presencialmente na operadora nova.

Quanto custa a portabilidade?

No caso de mudança de operadora, o valor máximo (de acordo com a data deste artigo, 01/07/2015) é de R$4,00 por solicitação. Algumas operadoras podem não cobrar por esse serviço. No caso de mudança de endereço ou de plano (pré a pós-pago ou vice-versa), não existe cobrança.

Quantas vezes posso mudar de operadora?

Não há limite, contando que você leve em conta as condições acordadas no contrato. Um plano de fidelização, por exemplo, gera multa ao ser quebrado.

A portabilidade é imediata?

O prazo dado à operadora para que ela realize o processo é de, geralmente, três dias úteis após o pedido do usuário.

Posso transferir meu pré-pago para outra operadora como pós-pago e vice-versa?

Sim – quantas vezes você quiser.

O pedido de portabilidade pode ser negado?

Sim. O pedido de portabilidade pode ser recusado nas seguintes situações:

  • Quando os dados enviados pelo usuário estiverem incorretos ou incompletos;
  • Se houver em andamento outra solicitação de portabilidade para o mesmo número;
  • Se o número não existir, não pertencer a nenhum cliente, for temporário, ou pertencer a um orelhão;
  • Se o número for de serviço fixo e a portabilidade for para o serviço móvel ou vice-versa.

Vale ressaltar que a portabilidade também pode não ser possível por razões técnicas. Como um dos nossos exemplos introdutórios, não há como portar seu número para uma operadora que não tem cobertura na sua área.

O telefone deixará de funcionar com a portabilidade?

Pode haver um período de transição de, geralmente, duas horas. Durante este intervalo, é possível que seu telefone não funcione.

Fontes: Teleco - http://www.teleco.com.br/portabilidade.asp

Compartilhe este artigo!

Comentários