top

Mobile Marketing Blog

Enriqueça o seu conhecimento sobre mobile marketing com os nossos artigos, dicas e tendências.


Planejando campanhas de email marketing na prática

Monday, March 30, 2015

planejando campanhas de email marketing na prática com o Mobi ProntoQualquer pessoa pode planejar e executar uma campanha de email marketing! Não acredita? Veja então o passo-a-passo que criamos para demonstrar isso na prática.

Começamos logo com um fato pertinente: você não precisa ser um profissional de marketing para planejar ou executar uma campanha de email marketing na prática. Sim, será exigido de você uma organização e atenção a detalhes para criar uma campanha bacana, mas estamos dispostos a demonstrar que qualquer pessoa pode fazer bom uso das ferramentas de marketing disponíveis no Mobi Pronto.

Como?

Bem, criamos um passo-a-passo explicativo usando um exemplo prático para lhe guiar na sua jornada e lhe alertar sobre todos os pontos passíveis de atenção. Escolhemos o varejo para fazer nossa demonstração por motivos de familiaridade e aplicabilidade ampla – todas as dicas aqui encontradas serão válidas para qualquer tipo de negócio ou indústria.

Escopo da campanha

Começamos do zero.

Antes de pensarmos no email, no design, no que falar, precisamos deixar explícito o porquê dessa campanha, e aqui não valem explicações genéricas! Sem um objetivo claro e específico, não conseguiremos mensurar nosso sucesso no fim dessa jornada.

Nossa loja de roupas, por exemplo, acabou de receber a sua nova coleção de verão, e num momento propício: a nova estação está prestes a chegar. O verão é uma época lucrativa por aqui, e então decidimos: uma campanha de email marketing seria a maneira perfeita de informar nossos clientes sobre a nova coleção e já impulsionar as vendas da nova estação.

Para tanto, será preciso um investimento X. Ao criar qualquer campanha de marketing, acompanhe bem este valor, pois é com ele que compararemos nossos resultados e saberemos quanto foi o nosso ROI (retorno sobre investimento).

Estratégia da campanha

Com nossa meta determinada, começa o nosso esforço para alcançá-la.

Como devemos apresentar o lançamento da nova coleção? Certamente, de uma maneira que mostre ao consumidor as vantagens de possuir esses itens e de obtê-los aqui, em nossa loja.

Consideramos: nossa coleção inclui roupas masculinas, femininas e infantis.

Assim sendo, o que atrairá nosso caro consumidor será a possibilidade se sentir bem-vestido e confortável tanto no trabalho quanto em lazer com sua família, especialmente agora que o verão já está por aí – e para incentivá-lo à compra, enviaremos um código exclusivo via email: 15% de desconto ao usá-lo tanto em nosso site quanto em nossas lojas.

Também decidimos integrar uma estratégia de marketing a outra: um código promocional via email (uma estratégia) para ser utilizado no site (a outra). Aqui é de extrema importância que nossa página de destino, ou landing page, esteja preparada para receber visitantes antes mesmo do envio da campanha – atualizada com a nova coleção e capaz de reconhecer o código promocional.

Inserir botões de compartilhamento nas redes sociais é outro exemplo de integração de estratégias. E se você tiver algum canal social (sua página oficial no Facebook ou Twitter, por exemplo), não se esqueça de inserir esses links também.

E por último, devemos escolher um horário de envio – prestando atenção aos horários em que será mais cômodo para o consumidor receber, abrir, e explorar o conteúdo do nosso email. São geralmente das 6 ás 10 e das 17 às 22 horas ¹, antes e depois do trabalho respectivamente (considerando o fuso horário!), mas não hesite em fazer testes para descobrir qual horário funciona melhor para sua empresa.

Veja: esse planejamento todo foi calculado para dá maior visibilidade à nossa marca e propagar a notícia da nova coleção.

Segmentação de perfil

O fato é que nem todos os nossos clientes estarão igualmente interessados na nova coleção. Ao enviarmos uma campanha que será irrelevante para essa fração específica, o cliente pode até optar por não receber futuros emails. Como evitar isso?

Bem, nossa loja é abrangente em termos de sexo – vendemos peças de roupa para mulheres, homens, e até crianças. Mas podemos fazer uma segmentação por idade e por tipo de compras no passado.

Assim, escolhemos clientes entre 20 e 45 anos (faixa etária em que é mais provável encontrarmos famílias com crianças ainda pequenas), que já compraram roupas femininas, masculinas, ou de crianças (diferente de roupas de esporte ou calçados, por exemplo), e que fizeram uma ou mais compras nos últimos 3 meses (clientes interessados e leais, respectivamente).

As pessoas desse grupo compartilham características que fazem delas os clientes mais potencialmente rentáveis. Pode ser que o total de destinatários de sua campanha seja só uma fração do total de seus clientes, e isso é perfeitamente normal pela Regra de 80/20, que diz o seguinte:

80% dos seus lucros vêm de 20% dos seus clientes!

E é para atingi-los com mais precisão que utilizamos a segmentação de perfil.

Produção criativa

Chegou a hora de implementar na prática todo o nosso planejamento.

Devemos escolher um título intrigante, para maximizar a taxa de abertura do nosso email. Escrevemos um conteúdo e escolhemos nossos recursos gráficos com base na estratégia de atração lá de cima: esteja sempre confortável e com estilo, no trabalho ou com a família.

Personalizamos nosso email com o nome de cada destinatário; a sensação de um contato mais próximo, irá afetar positivamente nossa taxa de cliques. Isso tudo qualquer pessoa pode fazer utilizando o editor Rich Text do Mobi Pronto, não muito diferente daquele do Microsoft Word: simples e fácil de usar.

Outro detalhe importante é a adaptação do conteúdo para vários tipos de aparelhos: quase 67% de todos os emails são abertos em dispositivos móveis! ² Portanto, se nosso email não abrir corretamente no celular, nossas taxas de cliques e conversão serão altamente prejudicadas. Para evitar isso, o Mobi Pronto também oferece modelos de email responsivos que se adaptam à resolução de qualquer tela.

E agora? você se pergunta.

Bem, agora nossa campanha está pronta para ser enviada.

Análise de resultados iniciais

A história não acabou ainda! Devemos analisar nossos resultados.

A taxa de abertura foi alta? Nosso título foi bacana! 

A taxa de cliques foi baixa? Alguma coisa deu errado na hora de escrever nosso conteúdo? A oferta não foi suficiente para gerar uma ação? 

Esse é um passo importantíssimo para qualquer campanha. Se algum resultado não for o que você esperava, não se desanime: você adquiriu uma experiência valiosa. Na próxima vez, saberá exatamente onde melhorar e onde deve tomar cuidado para não recair.

Calcule o quanto a sua campanha de email marketing gerou e diminua desse número do seu investimento: aqui está o seu ROI (retorno sobre investimento).

Remarketing

Remarketing é o passo que fecha o ciclo de uma campanha e abre outro.

Remarketing tem como alvo os clientes não convertidos – aqueles que abriram seu email mas não clicaram ou que clicaram mas não compraram ou não tomaram a ação desejada.

Esses clientes estão interessados! Ao oferecê-los um incentivo maior, você pode fechar o negócio com eles.

Podemos, por exemplo, enviar um código de desconto de 20% - esse, válido só por 48 horas! – para todos os clientes que clicaram no nosso email mas não efetuaram uma compra. Ou, se descobrirmos que a maioria dos clientes que abriram nosso email mas não clicaram foram homens, poderíamos criar uma nova campanha orientada só para eles.

Viu como é possível planejar e executar sua própria campanha na prática? Tudo que você precisa, você encontra aqui no Mobi Pronto! Conheça nossa solução para campanhas de email marketing.

Fontes: (1*) Kiss metrics / The Science of Social Timing Part 2 (Timing & Email Marketing) / https://blog.kissmetrics.com/wp-content/uploads/2011/06/science-of-social-timing-part-2.jpg (2*) Mobile Ink / Consumer Device Preference Report Q4 2014: Mobile Hits an All-Time High / https://s3.amazonaws.com/movableink-marketing/Movable+Ink+-+US+Consumer+Device+Preference+Report+-+Q4+2014.pdf

Compartilhe este artigo!

Comentários